Sobre mim

A minha foto
Linda-a-Velha, Lisboa, Portugal
Comecei a imaginar e criar a decoração dos meus bolos depois de algumas desilusões com bolos comprados em pastelarias. Nunca me achei uma pessoa especialmente criativa, mas com o incentivo e carinho das pessoas que me rodeiam, essa realidade mudou. Gosto de cozinhar tudo, embora as sobremesas sejam o que me dá mais prazer e gosto de um resultado final impecável A arte de satisfazer o estômago alheio ainda não é uma actividade a tempo inteiro, mas um dia, certamente, será!

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Vou ser Mãe


Tou a brincar.
Será que consegui assustar alguém??
Não vou ser Mãe, mas vou ser madrinha. Ninguém me convidou, fui eu que me propus.
Quem segue o blog deve lembrar-se que no início deste ano me candidatei ao apadrinhamento à distância.
Disseram-me logo que não era possível naquela altura pois todas as crianças que faziam parte do programa estavam apadrinhadas. Fiquei triste e contente, significa que há muita gente a ajudar.
Com o passar do tempo comecei a pensar que se tinham esquecido de mim, nestes últimos dois meses comecei a sentir-me aliviada, pois a minha prestação subiu mais do que era esperado, mas hoje quando abri a caixa do correio e vi o envelope da Helpo que dizia "Excelentíssima Madrinha" fiquei feliz, tão feliz.
Disse à J. que ia ter mais uma irmã e depois de lhe explicar tudo ficou com pena que a menina não viesse morar cá em casa :) Ao Luis brilharam-lhe os olhos e esboçou um sorriso (lindo)!
Ah! Sim, é mais uma menina, é a M., tem 8 anos e mora numa aldeia perto de Nampula, em Moçambique.
Estou a partilhar isto com todos vós porque a mim parece-me uma boa ideia para ajudar e porque tenho a oportunidade de sugerir mais padrinhos e madrinhas com a formalização da minha candidatura.
É necessário o nome completo, morada, código postal e localidade, quem quiser participar pode enviar-me estes dados para moon_sweets@clix.pt e depois a Helpo entra em contacto, já sabem é que pode demorar um pouco.

Vá lá, participem :D

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

O bolo medicinal e parvoíces diversas

Cá estou eu, a pedido de várias familias, a actualizar o meu bloguinho. Na realidade foi só a Nat :s E por falar nela, no outro dia telefonei-lhe, tirei a identificação ao meu telemóvel e disse que era... bom, identifiquei-me como a psicopata do blog dela!! Foi muito engraçado, a resposta não foi pronta, pelo choque, mas foi determinada"Estava à espera deste telefonema", disse ela, e eu, antes de ouvir qualquer coisa que fizesse corar as pedras da calçada, disse quem realmente era, aé porque estava no trabalho e a brincadeira não se podia prolongar.
A Nat é como outras duas amigas minhas que só atraem malucos (olá Sónia!, olá Bélinha!).
Ultimamente o que me resta fazer é mesmo só patetices porque, já se sabe, quando a crise aperta o pessoal corta nas sobremesas e a minha especialidade qual é?? Pois, sobremesas!!
Resumindo não tenho feito nada, só bolinhos para consumo interno - pequenos-almoços e para a menina levar para o lanche da escola :)
O último bolo-para-fora que fiz foi no início de Setembro, era um bolo medicinal (hihihi!!) e podem vê-lo aqui.
No emprego tenho trabalhado a valer, isto do shipping tem muito, mas mesmo muito que se lhe diga e depois porque estamos em Portugal, em cada empresa há sempre alguém contratado para ver passar os navios, ou no caso para jogar online, tratar de assuntos pessoais ao telefone e reclamar dos colegas e do ordenado, logo o trabalho que devia ser dividido por 3 é dividido por duas, enfim...
Aprendi que inglês falado com pronúncia da Beira Alta é muito mais difícil de perceber do que falado por um espanhol ou um turco - pleaje, leia-se please - hahahahahahahahaha!!!
Tenho andado (e o Luis também) a ter aulas de psicologia canina, antes de começarmos a treinar a nossa Luna, que vai ser dread quando crescer - tenho que lhe comprar um boné e uma calças que não lhe cheguem ao rabo, ah! e uns boxers para ficarem de fora das calças - porque a escola de treino é na margem sul :)

Hoje não me sinto minimamente inspirada e não me consigo lembrar de mais nada que tenha feito, mas sei de uma coisa que não tenho feito: DORMIR.

Talvez haja mais novidades para o Halloween (obrigada Gaby pela lembrança!!), umas bolachitas decoradas ou coisa que o valha.