Sobre mim

A minha foto
Linda-a-Velha, Lisboa, Portugal
Comecei a imaginar e criar a decoração dos meus bolos depois de algumas desilusões com bolos comprados em pastelarias. Nunca me achei uma pessoa especialmente criativa, mas com o incentivo e carinho das pessoas que me rodeiam, essa realidade mudou. Gosto de cozinhar tudo, embora as sobremesas sejam o que me dá mais prazer e gosto de um resultado final impecável A arte de satisfazer o estômago alheio ainda não é uma actividade a tempo inteiro, mas um dia, certamente, será!

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Nada a ver com bolos

Nada mesmo a ver com bolos.
Nada de doce ou simpático se passa neste momento na minha cabeça.
Não tenho formação para ser comercial, não tenho um mísero instinto sequer...
Sei trabalhar, aprendi.
Todos os dias agradeço por haver alguém que um dia teve paciência para me ensinar, porque reconheço que a minha paciência não é muita.
Detesto desculpas e atitudes lamechas.
Odeio graxa e a auto-comiseração deixa-me fora de mim.
Uma coisa que também não gosto é incompetência.
E há pessoas que não têm direito a ser incompetentes, sem pensar muito são as mais velhas e as que ganham (muito) mais para fazer o mesmo que eu.
Assumo o erro e corrijo-o eu, não ando a pedir para terceiros o remediarem.
(ah, então e agora?)
Detesto pedinchisse e gentinha.
Não gosto que quem ganha mais do que eu faça mer*a e depois, me venha perguntar como é que resolvemos, porque só existe equipa quando dá jeito que eu faça parte da solução.
Os louros colhem-se individualmente.
Ninguém nasce ensinado é certo... E esquecimentos toda a gente tem, mas não assumir???
Estamos na primária??
Sou o que sou, sei o que sou e tenho orgulho nisso.
Arrogância ou falta de modéstia? Não.
É realismo.

Moral da história: há homens a quem nem sequer se pode dar um pontapé nas bolinhas por ausência das mesmas...

Sem comentários: