Sobre mim

A minha foto
Linda-a-Velha, Lisboa, Portugal
Comecei a imaginar e criar a decoração dos meus bolos depois de algumas desilusões com bolos comprados em pastelarias. Nunca me achei uma pessoa especialmente criativa, mas com o incentivo e carinho das pessoas que me rodeiam, essa realidade mudou. Gosto de cozinhar tudo, embora as sobremesas sejam o que me dá mais prazer e gosto de um resultado final impecável A arte de satisfazer o estômago alheio ainda não é uma actividade a tempo inteiro, mas um dia, certamente, será!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Mais férias

Demorei!
Sorry!!
Dias antes de seguir para Mértola ainda passámos em Odemira para conhecer o que para mim era novidade, embora já lá esteja há 3 anos!!!
Vi a notícia de uma artesã empreendedora de sucesso num jornal online e já que ali estava tinha mesmo que ir dar uma olhadela :)
Na Rua do Cemitério, mesmo à entrada da cidade está uma casinha amorosa e lá dentro está instalada uma fábrica de chocolate!!! 
Do que estava disponível nesse dia, trouxemos um ou dois de cada para provar, mais uma borboleta e uma joaninha de chocolate simples, só para as meninas :)
Todos os bombons eram absolutamente maravilhosos e a Beatriz, que veio da Argentina para o Alentejo, é uma Senhora muito simpática.
E de lá vim mais inspirada, no entanto com uma ideia muito mais clara das dificuldades que se podem encontrar ao enveredar por um caminho por conta própria na área da doçaria artesanal.
Se passarem por Odemira não deixem de provar estes belos chocolates ;)

Agora, mais sobre Mértola:
Na primeira noite jantámos aqui!
Apesar do nome a comidinha é bem tradicional, posso dizer que as migas com carne de alguidar são de chorar por mais e a decoração é sóbria, contemporânea com um toque árabe :)
Para o dia 2 ficou acordado que tinhamos que acordar cedo para tentar visitar a cidade sem apanhar grande calor e assim fizémos. Corremos o interior das muralhas antes do almoço, sendo que os pontos altos para mim foram a Casa Romana e o Museu Islâmico.
No entanto Mértola é uma cidade com muito para ver, é culturalmente muito rica e as pessoas conhecem e orgulham-se do seu passado.
Comprámos ameixas doces no mercado e sapatos Rolha (que não fazem bolha), sendo que o Sr. Rolha e a mulher são um casal bem simpático.
Gostava de voltar no próximo ano para a festa Islâmica :)

A caminho de Évora parámos em Beja para lavar o carro e dar-lhe um ar minimamente decente :)
Felizmente que a temperatura em Évora convidava mais ao passeio!
Chegámos antes da hora de podermos fazer o check-in por isso fomos almoçar num sítio de que eu tinha saudades, o Café Arcada. Podia ter ficado com saudades porque os bifinhos rijos que se comem em Carnaxide, agora também se comem lá :(
Fomos para o hotel onde fomos muito bem recebidos. 
Jantámos no Choupana e tivemos a sorte de ouvir na nossa primeira noite a banda Cacique '97 e a fantástica Selma Uamusse.
Os pequenos-almoços foram tomados aqui. Bolinhos deliciosos e preços bastante razoáveis :P
Em Évora não sei bem dizer qual foi o ponto alto para mim uma vez que lá houve uma pequena troca de palavras com um funcionário da bilheteira da Sé Catedral por causa do preçário pouco esclarecedor que estava à porta.
Bom, na realidade o Pólo Eborense do Museu do Relógio de Serpa é mesmo muito interessante assim como o Museu do Artesanato e do Design, com uma sala dedicada à tapeçaria e outros trabalhos em arraiolos :)

No regresso a Lisboa, ao chegar a casa tinha fruta fresca e sopinha no frigorifico :) Cortesia da Dª Leonor, minha Mãe :D

Na próxima semana é o regresso ao trabalho... Enfim, daqui a uns meses há mais ;)
Foram umas férias MA-RA-VI-LHO-SAS

Daqui a alguns dias espero ter novidades sobre a minha presença nas festas de Linda-a-Velha em homenagem a Nossa Sra. do Cabo.
Até lá, bons bolos!

Sem comentários: